SOS — SECULAR ORGANIZATIONS FOR SOBRIETY

Programa de recuperação americano oriundo de AA para ateus e para quem tem aversão a espiritualidade.

As Organizações Seculares para a Sobriedade (SOS) são uma rede sem fins lucrativos de grupos locais autônomos e não profissionais, dedicados exclusivamente a ajudar os indivíduos a alcançar e manter a sobriedade / abstinência do álcool e drogas, vício em comida e muito mais.

Por mais de 30 anos, as Organizações Seculares para a Sobriedade têm ajudado as pessoas a ficarem e a se manterem limpas e sóbrias.

“No God at the Bottom of a Glass” é um documentário premiado produzido por Sarah Barker do Creative Media Hub. O filme conta a história de Organizações Seculares pela Sobriedade (SOS) , ideia do fundador James Christopher. Assista clicando aqui.

O S.O.S. programa é atualmente descrito da seguinte forma:

  • SOS é um método alternativo de recuperação para alcoólatras ou dependentes em drogas que se sentem incomodados com o conteúdo espiritual dos programas de 12 passos amplamente disponíveis. SOS adota uma abordagem razoável e secular para a recuperação e afirma que a sobriedade é uma questão separada da religião ou espiritualidade.
  • SOS credita ao indivíduo a responsabilidade de alcançar e manter sua própria sobriedade, sem depender de nenhum “Poder Superior”.
  • SOS respeita a recuperação em qualquer forma, independentemente do caminho pelo qual ela é alcançada.

Não se opõe ou está em concorrência com quaisquer outros programas de recuperação.

Diretrizes para recuperação de dependência:

1) Para quebrar o ciclo de negação e alcançar a sobriedade, primeiro reconhecemos que somos alcoólatras ou dependentes.

2) Afirmamos esta verdade diariamente e aceitamos sem reservas — um dia de cada vez — que, como indivíduos puros e sóbrios, não podemos e não bebemos ou usamos, aconteça o que acontecer.

3) Visto que beber ou usar não é uma opção para nós, tomamos todas as medidas necessárias para continuar nossa Prioridade de Sobriedade por toda a vida.

4) Uma qualidade de vida, “a vida boa”, pode ser alcançada. No entanto, a vida também está cheia de incertezas. Portanto, não bebemos nem usamos, independentemente dos sentimentos, circunstâncias ou conflitos.

5) Compartilhamos confidencialmente nossos pensamentos e sentimentos como indivíduos sóbrios e limpos.

6) A sobriedade é nossa prioridade, e cada um de nós é responsável por nossas vidas e sobriedade.

Fontes:

http://www.sossobriety.org/

http://www.williamwhitepapers.com/

André Almeida, empreendedor e diretor executivo da My Journey Health, uma digital therapeutics (DTx) que cria jornadas terapêuticas personalizadas.

--

--

Entrepreneur | Healthtech | Mentalhealth | Digital Therapeutics |Founder of My Journey

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store
My Journey Health

My Journey Health

Entrepreneur | Healthtech | Mentalhealth | Digital Therapeutics |Founder of My Journey